Conheça o futuro das câmeras do iPhone

março 20, 2016

A Apple em 2015 comprou uma empresa responsável por uma tecnologia de câmeras, capaz de fazer a câmera do iPhone ser comparável com uma câmera profissional se implementada. Não sabemos ao certo se a Apple pretende usar esta tecnologia no iPhone 7 mas sabemos que ela pode revolucionar a câmera do iPhone se implementar essa tecnologia com exito. A empresa é a LinX Computational Image, uma Israelense que trabalha com câmeras de multi-abertura.

Primeiramente, adeus saliência na câmera do iPhone

A LinX é especializada em criar câmeras de multi-abertura para dispositivos móveis. Essas câmeras tem grande vantagem em cima das de abertura individual, uma delas é a de poder ter uma imagem de alta qualidade com um tamanho bem menor que o convencional. A câmera de multi-abertura da LinX pode tirar proveito de vários sensores, enquanto as comuns utilizam apenas um sensor maior, ou seja, ela pode simplesmente oferecer mais qualidade porém com um sensor menor, resolvendo o problema da câmera saliente no iPhone e de quebra você ainda ganha um smartphone com uma câmera revolucionária. O mais engraçado é que a própria LinX em uma de suas câmeras diz que sua câmera é significantemente mais fina que a do iPhone 5S e é capaz de caber em um dispositivo mais fino ainda que o iPhone. Ironia do destino ou eles planejavam ir para a Apple? Só Deus sabe.

linx_cameras
Qualidade SLR para smartphone

O ultimo lançamento da LinX foi em Junho do ano passado, no qual ela lançou uma nova câmera com multi-abertura já pronta para o dispositivos móveis, e na documentação do produto ela destacou diversas formas em que a sua nova tecnologia iria melhorar as câmeras multi-abertura, com foco total na qualidade de imagem.
Ao projetar nossos algoritmos e módulos nossa primeira prioridade foi sempre qualidade de imagem. Nós ainda alavancamos os múltiplos canais para aumentar a sensibilidade da câmera que nos permite captar imagens impressionantes em níveis muito baixos de luz e manter os tempos de exposição curtos em níveis de iluminação para interior normais.
As novas câmeras foram descritas pela LinX como capazes de oferecer qualidade SLR em condições normais de iluminação com baixos níveis de ruído, devido a sua capacidade de capturar mais detalhes do que câmeras padrão de abertura individual. Para provar isso a LinX capturou várias fotos com sua "LinX 8mpix", uma câmera de dupla abertura com dois sensores de 4 megapixels com pixels de 2 micron, e comparou elas com fotos tiradas com o iPhone 5S (equipados com um uma câmera de 8MP de abertura única com pixels de 1,5 micron) e um iPhone 5, o resultado foi incrível. A câmera da LinX simplesmente deixou os iPhones no chinelo com mais nitidez e muito menos ruido mesmo em ambientes de baixa iluminação. Também é possível observar que nessas fotos se pode obter muito mais zoom do que nas tradicionais fotos do iPhone. Mesmo com apenas 8MP a câmera LinX consegue menos ruídos e muito mais zoom, inclusive mais do que a câmera do Galaxy S4, concorrente do iPhone na época. Além de tudo isso as câmeras das LinX podem trabalhar com diversas formas de se utilizar arrays, se ajustando para cada tipo de câmera.




Tecnologia dos pixels

Menores pixels podem também significar cores turvas em uma câmera de um dispositivo móvel, mas as câmeras da LinX não sofrem com este problema, pois sua câmera é capaz de captar mais fotóns de luz. Na documentação a LinX descreve uma câmera de abertura 1x2, uma câmera com dois sensores de 5MP com 1.2 micron, construído para um smartphone de espaço limitado, devido a sua tecnologia de pixels ela consegue oferecer a mesma qualidade do iPhone 5S mesmo com uma câmera bem menor. Claro que a Apple pretende colocar uma câmera bem superior nas próximas gerações de iPhones, mas isso mostra no que a LinX estava trabalhando e do que ela é capaz de fazer.

Mapeamento de profundidade para modelos 3D

Devido a ter múltiplas aberturas, as câmeras da LinX são capazes de criar um mapa de profundidade em uma cena, com informações de profundidade partes de objetos 3D a partir de uma foto, ou até um modelo 3D completo a partir de fotos de mais ângulos.
Esse mapeamento 3D foi feito a partir de apenas uma foto
E pasmem, esse mapeamento de profundidade pode ser fento tanto em um ambiente ao ar livre, com luz direta do sol, quanto em um ambiente fechado e escuro, utilizando o flash. A tecnologia é fascinante, pode ser usada de diversas formas.. Imagina você poder criar um modelo 3D a partir de algumas fotos tiradas de diversos ângulos de um objeto, ou poder determinar o tamanho de um objeto fotografado e saber a distância entre dois objetos. também podendo utilizar as informações de profundidade para reorientar a imagem, podendo também remover e adicionar objetos a uma cena emulando profundidades de campo [Patente da LinX].
Mapeamento de profundidade
Mas e a Apple?

Nos últimos anos a Apple vem tentando melhorar a tecnologia das suas câmeras com mudanças sutis de tecnologia de pixels, lente e tudo mais. Ainda não se sabe se as câmeras da Linx podem ser implementadas sem problemas em um smartphone, o que nos deixa mais "encucado" com toda essa situação são os rumores do iPhone 7 ter duas lentes, o que pode ser uma tecnologia similar a do LG G5 ou a tão sonhada chegada de uma nova tecnologia de câmera aos iPhones. Só nos resta esperar até Setembro (2016) para saber se este ano já conheceremos um iPhone com câmera revolucionária.

Se você quiser saber mais detalhes sobre o que a LinX disse sobre seu projeto e ver mais comparações com as câmeras dos iPhones e Galaxys, acesse este link para a documentação oficial

Atenção

Esta postagem foi originalmente postada no X Border em Abril de 2015 por mim. Eu reformulei e trouxe aqui atualizada pra vocês.



Você também vai gostar:

0 comentários