iPhone SE, iPad Prozinho e a postura da Apple

abril 03, 2016

Na última Segunda-Feira (21/03) a Apple apresentou seus mais novos (e polêmicos) produtos no evento "Let us loop you in" e eu como sempre sou incapaz de ver um evento da Apple e não fazer uma postagem sobre os lançamentos e blá blá blá, ainda mais com meu cinto de utilidades apitando pra cada merda informação errada falada sobre o evento.

Vamos começar pela postura da Maçã: Nos últimos anos vimos mudanças drásticas no comportamento da Apple em seus eventos e lançamentos. Isso acontece porque houve uma grande mudança na Apple: A entrada definitiva de Tim Cook no comando da empresa. É claro que eu sei que Tim Cook entrou antes mesmo de Jobs morrer e que já estava trabalhando no cargo fazia um tempo mas o que muda nessa história é que Tim Cook mostrou ser quem é e está deixando a Apple mais... Digamos.. Simpática. Tim Cook é uma das melhores coisas que aconteceram para a Apple, e vou provar pra vocês mostrando simples curiosidades:

  • Depois da entrada de Cook, a Apple virou a marca mais valiosa do mundo
  • Além de se tornar a empresa de capital aberto com maior valor, consegue só ter aumento de vendas
  • Agora esta fodenda empresa ouve os usuários.
Sério, o único defeito de Jobs para o consumidor final da maçã é sua cabeça dura! Muitas vezes é importante ouvir os usuários (Da Apple, porque não adianta nada ouvir usuários de outras marcas.. tsc tsc) e tentar fazer o que eles pedem, desde que esteja dentro dos princípios da empresa. Tim Cook mudou a postura da Apple com o consumidor, e meu amigo se a Apple já era incrível, agora está LEGENDARIA. Ok, parei de fanboyzismo hehe. Vou mostrar pra vocês uma pequena linha do tempo que ilustra como Cook foi tendo postura a frente da Apple:

  • De inicio já criou campanhas e fez doações publicas para instituições.
  • 2013: Iniciou o foco para o mercado chinês.
  • 2014: No evento de Setembro ele finalmente apresentou produtos, e se mostrou entusiasmado com os lançamentos
  • 2015: Terminou de reformular a linhagem dos produtos, deu inicio a duas novas categorias de produtos dentro da Apple.
Em 2014 sem dúvidas Tim Cook mostrou ser CEO que a Apple precisava (sobre postura em eventos) e em 2015 ele conseguiu mais uma vez fazer um mercado atraente para o usuário. A postura da Apple com este evento foi simples, ela fez um evento parecido com os de lançamento de iPhone S (até 2013), porém divulgou o evento e transmitiu. A Apple abraçou a luta a favor do meio ambiente, deu a cara a tapa na luta a favor de nossa privacidade e por fim lançou produtos interessantes para o mercado.

iPhone SE: Vamos começar deixando claro duas coisas: Primeiramente é iPhone SE, e não iPhone 5SE. E por fim, este iPhone não veio pra substituir o iPhone 5C, e não tem NADA a ver com ele.

O iPhone SE foi lançado com o objetivo já estampado no próprio evento da Apple: Reconquistar os usuários presos em telas pequenas. Tamanho de tela é questão de costume, em poucas semanas você se adapta a um tamanho diferente, mas tem gente que simplesmente não quer sair do smartphone compacto. Muita gente por ai ta dizendo que isso não existe mas vamos aos números: 
  • Só em 2015 foram vendidos mais de 30 milhões de iPhones de 4" (iPhone 5S).
  • Metade do novos usuários de iPhones começaram com um iPhone de 4"
  • Na CHINA mais da metade começou com um iPhone de 4"
  • A maior parte desses usuários é ex usuário de Android (hue)
Tendo isso em mente (com destaque para o mercado chinês) a Apple resolveu pegar o design do iPhone mais bonito já feito, melhorou alguns pontos e colocou dentro dessa carcaça o iPhone atual. Ou seja: A Apple lançou um "iPhone 6S mini". A unica diferença neste caso foi a do iPhone SE não ter 3D Touch, mas se você pensar bem tirar os números deste modelo possibilita todo ano uma atualização, mantendo o iPhone SE sempre com hardware atual. ~~Só lembrando você que o iPhone SE tem hardware superior ao do Galaxy S7 #ChupaSamsung~~
Breve mensagem sobre o iPhone 5C: O iPhone 5C foi feito para facilitar a produção, tendo em vista que na época fabricar um iPhone 5 e 5S seria difícil para qualquer fabricante no mundo, sabendo que o design deles da trabalho de ser produzido. O iPhone SE não é baixo custo, e nem o 5C foi. O iPhone SE é um iPhone menor, e o 5C era o iPhone anterior sobre nova carcaça. Fim.
iPad Prozinho: O iPad Pro de 9.7" não é nada mais e nada menos do que um iPad Pro para o pessoal que prefere o format factory do iPad Air, mas traz um hardware muito mais "pro". Infelizmente não duvido o iPad Air 3 demorar mais para sair (se sair), porque pensando bem o iPad Pro 9.7" é como se a Apple simplesmente deixasse de vender o modelo de 16GB do iPad Air 2. Agora falando do hardware do dispositivo o que mais me impressionou foi a tela true tone que sem dúvidas tornaria minha leitura MUITO MAIS agradável. Espero por isso em TODOS os novos iDevices.
Eu particularmente gostei do equipamento e acredito que a Apple vai entrar de cara nos iPads, tentando tornar eles cada vez mais adequados para o uso profissional. Eu acho essa uma boa, e podemos ver isso acontecendo até na nomenclatura: Assim como nos Macs é o mesmo nome para tamanho de telas diferentes, exemplo: Macbook Pro de 13" e 15".

Apple Watch e demais coisas: O Apple Watch agora ficou mais atraente para o público com o preço parecido com o de smartwatchs não tão bons, ou seja: Não tem desculpa mais pra usar essas porcarias com Android Wear hehehe (Brasil não conta, aqui continua caro). E sobre as pulseiras: Em todo evento a Apple mostra pulseira nova pro Apple Watch, não consigo entender essa zoeira dos haters de achar ruim a Apple mostrar pulseira no evento.. Sério mano, ela é a maior empresa do mundo, se quiser mostrar sabores de cobertura de paçoca o mundo vai querer ouvir. hehehe

Você também vai gostar:

3 comentários